Recursos Ciência Viva

O cão de Muge

Um Amigo Pré-histórico, relata a história do cão doméstico mais antigo de que há registo em toda a Península Ibérica



Nível de ensino

5.º Ano | 6.º Ano | 9.º Ano

Área disciplinar

Ciências Naturais | Estudo do Meio

Área temática

Biologia | História

Palavras-chave

arqueologia | cao | zooarqueologia

Duração

10 min

Tipologia

Vídeo


Este filme de animação digital, reflete a feliz fusão entre o cinema e a ciência. Conta a história de um cão com cerca de 7.600 anos, cujo esqueleto quase completo é o mais antigo de que há registo na Península Ibérica. O seu esqueleto foi encontrado por arqueólogos no final do século XIX em Muge, Santarém.


Mais recentemente foi alvo de um estudo detalhado com as mais avançadas tecnologias ao dispor, que permitiram a interpretação da sua vida e morte. Pela forma como foi enterrado, pensa-se que o Cão de Muge era um fiel companheiro, estimado pela família com que vivia, nas margens do Tejo, no período Mesolítico. Esta é uma história de zooarqueologia.


CONTACTOS

Newsletter

SUBSCREVER